Koloss, rock em velocidade – 4.

Nem tudo nessa vida sem muitas cores passa rápido, se é que você me entende. Assim é a Koloss; favor não confundir com a marca de produtos de beleza. A coisa classificada como post-metal/sludge por especialistas no ramo da anti-baladinha vem do mesmo lugar de onde saiu aquela lenda do ocidente contemporâneo chamada Nasum, não que isso seja relevante pralguma coisa.  A banda existe desde 2007, mas só lançou um trampo em 2010. Fez o certo, o álbum é avacalhadamente foda. End of the Chayot, o álbun em questão, se arrasta, no melhor sentido possível, entre momentos de agonia; dureza; gritos; salas escuras; fotos velhas; riffs pesados e passagens calma/melancólicamente belas que quase chegam perto dos seus melhores e mais secretos álbuns de post-rock.

http://bloodorlove.com/wp-content/themes/bolTheme/framework/thumbnail.php?src=http://bloodorlove.com/wp-content/uploads/2011/07/253133_220776564618549_188257174537155_793329_3574251_n.jpg&w=300

O End of the Chayot saiu pura e simplesmente pelas mãos da própria banda, esquema total D.I.Y. Do posicionamento dos microfones à construção do bandcamp foi tudo obra dos caras, até onde eu sei. Valorizei 1000 isso ai. Você não precisa prourar muito para encontrar alguém falando bem do álbun em algum blog com layout de fundo preto ou escuro. Só pra sacar uma vibee sair um pouco mais cult@ daqui, Chayot tem alguma coisa a ver com anjos de ata hierarquia… então End of the Chayot é algo bom, pro mal, certo? Saque o bandcamp deles, onde rola de ouvir tudo da banda e ainda fazer o download de grátis. Caso eu fosse a sua pessoa ia correndo lá agora now.

https://i1.wp.com/a4.l3-images.myspacecdn.com/images02/129/c19b0b12866a4543b61348da1df70891/l.jpg

Há ainda esses vídeos, meio que/totalmente de making off. São bem bacana de sacar, principalmente se você não possui muita ideia de como as coisas são feitas. antes de estar aumentando o volume da sua vitrola. Ou simplesmente se pira em sacar a gravação do trampo de outras bandas. Vale bastante.

Só pra finalizar, essa foto promo que é absurda.

Anúncios

One Comment on “Koloss, rock em velocidade – 4.”

  1. Icaro, o teu amor disse:

    Koloss é o nome do novo disco do Meshuggah.


Comentar

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s